terça-feira, 1 de agosto de 2017

INSS cancela aposento de idosa por ela ser velha demais - Compartilhe

Uma idosa, moradora da cidade de Rio Branco do Ivaí, Paraná, teve seu aposento cancelado pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) por ser velha demais.
Dona Jesuíta, de 120, já tentou de todas as formas, junto com seus filhos, provar que ainda está viva e que precisa muito do dinheiro da aposentadoria para poder se alimentar e manter as despesas de casa.
Os funcionários sempre davam a mesma desculpa, de que é impossível uma pessoa estar viva com 120 anos, até que depois de muito esforço e de juntar algum dinheiro para pagar uma locomoção especial, já que a mesma tem dificuldades para se movimentar, a idosa conseguiu ir até o INSS para provar que está viva, porém, mesmo com todo esforço, não conseguiu seu aposento de volta. Os funcionários voltaram a negar a renovação, dessa vez alegando que já havia passado muito tempo desde o cancelamento do benefício. Sem nenhuma renda para se manter, dona Jesuíta depende da ajuda de vizinhos, que vez ou outra se comovem e doam algum alimento.
Quando Jesuíta nasceu, o Brasil tinha uma república proclamada há pouco mais de 8 anos. Os resquícios da escravidão eram fortíssimos e as mulheres ainda não tinham direito ao voto. Por essa longa caminhada de vida dona Jesuíta, viu a 1º guerra e a segunda guerra mundial, ela também viu o o invento do avião por Santos Dumont com voo do 14 Bis, Brasil passa pela era Vargas, a transferência da Capital Federal do Rio de Janeiro para Brasilia, o período de regime militar, a redemocratização, o fim da URSS, o homem pisando na lua, a queda do muro de Berlim os cincos títulos da seleção brasileira de futebol, as duas copas realizadas no Brasil, tudo isso dona Jesuíta testemunhou.
Ela deve ser a unica habitante do planeta terra ainda viva que pode dizer que viveu em três seculos diferentes. Ela é a história viva do Brasil e do Planeta Terra.
adsense links