quarta-feira, 22 de novembro de 2017

PF prende os ex-governadores do Rio de Janeiro Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho nesta quarta.

Agentes da Polícia Federal prederam na manhã desta quarta-feira os dois ex-governadores do estado do Rio de Janeiro Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho (PR). A prisão foi decretada após suspeita de financiamento ilegal de campanha e cobrança de propina. Anthony foi preso na capital em seu apartamento e Rosinha foi detida em Campo dos Goytacazes.
Após exame de corpo de delito no IML, Anthony foi levado para o quartel dos bombeiros de Humaitá, na zona sul do Rio. De acordo com a SEAP (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária) Os dois ficarão detidos na Cadeia Pública Frederico Marques em Benfica, na zona norte, mesmo local onde estão presos Sérgio Cabral e outros réus da operação Lava-Jato da Polícia Federal.

A ação investiga crimes de corrupção, concussão, participação em organizações criminosas e irregularidades na prestação de contas eleitorais.

A PF diz também que Anthony garotinho cobrava propina nas licitações da Prefeitura de Campos e exigia pagamentos para que os contratos fossem reconhecidos pelo poder público.

Os pedidos de prisão foram feitos pelo Ministério Público Eleitoral. Além de Anthony Garotinho e Rosinha, foram expedidos outros sete mandados de prisão. Entre os alvos, também está um o ex-secretário municipal do governo de Campos Suledil Bernardino.
adsense links